VAI UM DESCONTO AI? Use o cupom SEMPLASTICO para ganhar 15% OFF na sua assinatura YVY

Como evitar a alergia a produtos de limpeza?

Você já sofreu com alergias na pele? Que tal mudar seus produtos de limpeza? Bora conversar sobre produtos naturais!

Dores de cabeça, espirros, coriza, ardor nos olhos, dificuldades para respirar, caroços em todo corpo, dedos enrugados, mãos vermelhas, descamando e até com pequenas feridas. Basta apresentar algum desses sintomas para se descobrir suscetível à alergia a produtos de limpeza. Afinal, são produtos altamente químicos que diariamente acabam entrando em contato conosco, diretamente ou indiretamente.

O maior órgão do corpo humano, a nossa pele, fica exposto ao elevado odor e toxicidade destes químicos. Para não comprometer sua saúde, é indicado substituí-los por produtos naturais, de base vegetal, sem químicos agressivos e hipoalergênicos. Abaixo, separamos algumas dicas para te ajudar a combater a alergia a produtos de limpeza e levar mais saúde para a sua casa. Confira!

Afinal, como surge a alergia?

As alergias são doenças bem comuns nos seres humanos. Segundo estudo publicado no The New England Journal of Medicine, só nos países desenvolvidos, quase 20% da população é afetada por rinite alérgica

As alergias dermatológicas são reações do nosso organismo causadas por hipersensibilidade do sistema imunitário a alguma substância. Ou seja, ao entrar em contato com substâncias que nosso sistema imunológico vê como ameaçadoras, ele irá causar a reação alérgica. Os sintomas mais comuns são: pele e olhos vermelhos, manchas que provocam coceiras e descamações, secreção nasal, falta de ar, inchaço, tosse, espirros, entre outros.  

Em geral, água sanitária, cloro, desinfetantes, sabão em pó, amaciantes e detergentes são os produtos químicos que mais causam alergias dentro de casa. O contato com a pele ou a inalação dos gases destas substâncias é que vão desencadear as reações alérgicas.

Como saber se eu tenho alergia a produtos de limpeza?

As alergias podem ser originadas por fatores genéticos e ambientais. É imprescindível procurar orientação médica para checar se você desenvolve algum tipo. Caso você apresente algum dos sintomas citados acima, procure ajuda profissional para fazer o diagnóstico preciso através de testes cutâneo-alérgicos e exames laboratoriais.

Mãos, braços, unhas, nariz e garganta podem ser os primeiros atingidos nas alergias dermatológicas e dermatites de contato causadas pelo cheiro forte dos produtos químicos de limpeza. Se não tratadas, as irritações podem desencadear doenças como rinite, bronquite, sinusite e asma.

A alergia ao cloro, por exemplo, é uma das mais comuns. Basta uma simples limpeza com ele para ficar com a pele da mão ressecada, não é verdade? O cloro tem como componentes vários agentes químicos que também podem irritar os olhos e ocasionar espirros durante o uso.

Dicas para prevenir a alergia a produtos de limpeza

Depois da faxina todo mundo quer aproveitar a casa limpa e organizada, não há dúvidas. Mas a alergia a produtos de limpeza pode causar justamente o contrário: mais dor de cabeça, literalmente. Como acabar com alergia a cheiro se manter as roupas, móveis, objetos e ambientes limpos é fundamental? É preciso evitar que as vias respiratórias fiquem expostas aos produtos químicos de limpeza para prevenir as reações alérgicas. 

Uma limpeza caprichada é fundamental para o bem estar daqueles que têm alergia. O que faz com que as pessoas, em muitas das vezes, recorram aos produtos com altos níveis químicos sob a forma de perfume, que ao invés de colaborarem com a saúde vão gerar mais malefícios ao longo do tempo. Teve alguma reação na limpeza? Identifique imediatamente o produto que você usou e suspenda o uso.

Use produtos de limpeza naturais 

De nada adianta dizer no rótulo que aquele item de limpeza tem ação bactericida, se ele contribui com o desenvolvimento de doenças respiratórias. Crie o hábito de ler o rótulo dos seus produtos de limpeza. Nele há informações importantes sobre os agentes químicos e se o produto foi testado ou não dermatologicamente. Quanto mais coloridos forem os produtos, mais corantes, perfumes e substâncias químicas eles podem apresentar. 

É aí que entra em cena os produtos de limpeza naturais. Além de serem positivos para o meio ambiente, eles favorecem a saúde das pessoas, dos animais e das plantas. Busque manter a sua casa mais saudável e a sua família longe de ingredientes sintéticos e petroquímicos.

Não precisamos sujar o planeta para limpar a casa, isso é fato. É possível realizar uma limpeza poderosa, eficiente e natural com impacto mínimo. Através da tecnologia e da própria inteligência da natureza, os produtos naturais de limpeza reduzem o consumo de desnecessário de embalagens  e diminuem o  desperdício de recursos importantes do nosso planeta. 

Muitas pessoas já aderiram ao uso de produtos naturais, hipoalergênicos e biodegradáveis com formulações do bem para evitar a sensibilidade com produtos químicos. E você? Faça parte desse movimento de mudança!

Você também pode gostar de ler...