VAI UM DESCONTO AI? Use o cupom SEMPLASTICO para ganhar 15% OFF na sua assinatura YVY

A importância de consumir produtos nacionais

Chamada Produtos Nacionais ao fundo uma pessoa faz compras em um tablet

Sempre falamos sobre a importância do consumo consciente e sustentável, mas, para além das multinacionais que estão reformulando seus modelos de negócios e desenvolvendo portfólios com opções mais ecológicas, há um nicho que precisa ser valorizado: as empresas nacionais. Pois, ao contrário da falsa ideia de que produto bom é produto importando, essas empresas oferecem benefícios tanto na esfera econômica como na ambiental e social. Confira:

Econômico

O primeiro fator de importância é talvez o mais conhecido: movimentação da economia local. Muitos empresas nacionais não só empregam a mão de obra regional, como também utilizam na composição de seus produtos matéria prima originária de pequenos produtores rurais, gerando assim fonte de renda direta e indiretamente. Atualmente, alguns restaurantes e startups do setor alimentícios, como a Liv Up  e a NoMoo, já seguem essa lógica e, como bônus, entregam alimentos mais frescos e saborosos, quando comparados com aqueles importados e ultra processados.

Ambiental

Os produtos nacionais emitem, ao longo de toda cadeia de produção, menos gás carbônico (CO2) na atmosfera, já que o tempo de transporte é muito menor quando comparado a produtos originários da Ásia ou Europa, por exemplo. Além disso, utilizam menos embalagem, gerando menos lixo e desperdício, como é o caso da YVY, que ao fabricar produtos naturais de limpeza ultra concentrados, reduz em 2/3 o consumo de plástico e as cápsulas usadas podem ser devolvidas por meio da Logística Reversa.

Social

Empresas nacionais conhecem os costumes e as demandas da população, por isso tendem a oferecer produtos e soluções que se adequam às necessidades do mercado brasileiro. Adicionalmente, você ajuda a fortalecer pequenas e médias empresas, além de reforçar a marca “Brasil”. É como diz a canção: “eu sou brasileiro, com muito orgulho, com muito amor!”.