VAI UM DESCONTO AI? Use o cupom SEMPLASTICO para ganhar 15% OFF na sua assinatura YVY

Origem do plástico e os impactos nos dias de hoje

Derivado do petróleo e presente em variados produtos, o plástico faz parte do nosso cotidiano. Conheça sua origem e impactos ambientais!

Matéria-prima para a fabricação de diferentes produtos, o plástico é atualmente um dos maiores vilões quando o assunto é poluição e degradação do meio ambiente, dado sua composição e o tempo que tarda para decompor-se –  cerca de 450 anos.

Confira o artigo que preparamos e conheça as origens deste material e quais seus principais impactos no ecossistema!

Qual a origem do plástico?

Antes de chegar ao plástico como conhecemos hoje em dia, este material passou por diferentes etapas. Em 1839, Charles Goodyear patenteou a vulcanização, um processo químico que modificou as propriedades da borracha e ficou conhecido como o primeiro polímero da história – originando, posteriormente, as rodas dos carros.

Tempo depois, em 1855, o químico inglês Alexander Parkes patenteou a Parkesina, uma substância tida como o primeiro plástico sintético produzido pelo homem.

Mas foi no começo do século XX quando surgiram os primeiros exemplares de plásticos semelhantes aos da atualidade. Em 1907, Leo Baekeland inventou a “baquelite”, uma resina sintética com propriedades isolantes e altamente resistente ao calor. Na época, o invento foi utilizado em itens como: rádios, interruptores, material de cozinha e brinquedos.

Por fim, em 1926, Waldo Semon criou o PVC tal como conhecemos. Utilizado em tubos, revestimento de cabos elétricos, janelas, mangueiras, roupas e afins, trata-se de um dos polímeros de plástico mais consumidos no mundo.

Qual a composição do plástico?

Os plásticos são originados de moléculas chamadas polímeros que, por sua vez, são produzidas a partir de derivados do petróleo e de resinas vegetais, como a celulose. Adicionalmente, para a obtenção de determinadas características, como flexibilidade ou resistência, outros aditivos químicos costumam ser acrescentados à fórmula.

Além do PVC, existem outros tipos de plástico, a exemplo:

  • Polietileno (ex: sacolas);
  • Poliestireno (ex: isopor);
  • Polipropileno (ex: tampas de refrigerantes);
  • Poliamida (ex: nylon);
  • Polimetilmetacrilato (ex: bandejas de acrílico).

Impactos no meio ambiente

Anualmente cerca de 11 toneladas de lixo plástico chegam aos oceanos, contaminando todo o ecossistema e comprometendo o desenvolvimento da vida de espécies da fauna e flora. Estima-se que até 2050 haverá mais plásticos nos mares que peixes. Um verdadeiro alerta!

No entanto, não se trata apenas da vida marítima, já que estudos comprovam que o plástico que descartamos diariamente volta para nós nos alimentos, uma vez que os animais, ao se alimentarem dos microplásticos, transferem as partículas na cadeia alimentar.

Seja aqueles descartados em água ou em solo, o plástico demora mais de 4 séculos para se decompor. Em outras palavras, as embalagens que usamos hoje, seguirão no planeta, ao menos, pelas próximas 4 gerações.

A solução? Reduzir, reutilizar e reciclar. No nosso blog apresentamos algumas dicas práticas sobre como diminuir o uso de plástico na rotina e evitar o plástico de uso único. Confira e nos ajude a mitigar os impactos no meio ambiente! 

Você também pode gostar de ler...

Chamada Terpenoil. Ao fundo, imagem das cápsulas YVY ao lado de laranjas.

TerpenOil: conheça a empresa que originou a YVY

Quando o assunto é limpeza sustentável, a TerpenOil é uma das pioneiras no Brasil. A empresa que deu origem à YVY atua no país há mais de 14 anos e é a única do mercado nacional a oferecer produtos para a manutenção de Green Buildings.

Leia mais »